Carregador ‘pirata’ pode trazer riscos. Entenda!

0

Carregador de celular comprado na rua pode trazer grandes riscos não só de sobreaquecimento, lentidão no carregamento, mas a possibilidade de incêndio e queimaduras. O alerta foi feito por especialistas, que garantem que carregadores de celular sem certificação dos órgãos reguladores afetam negativamente a bateria do aparelho.

 

Mas o que muita gente não sabe é que os carregadores portáteis podem ser até mais perigosos do que os carregadores convencionais.

“Esse dispositivo é normalmente composto de uma bateria interna de íon lítio que, dependendo da carga armazenada e da qualidade do produto, pode causar uma eventual descarga capaz de explodir e causar fogo na mochila ou no bolso”, explica o chefe da divisão metodologia da informação em telecomunicações da Inmetro, Rodolfo Saboia.

As grandes fabricantes já cumprem, as normas internacionais de segurança e realizam vários testes para garantir a segurança dos carregadores, portanto, o consumidor deve ficar bem atento as fabricantes menores.

O professor de engenharia elétrica da Universidade Paulista FAAP (Fundação Armando Alvares Penteado), Rodrigo de Maio Almeida, afirma que fontes e carregadores portáteis “de camelô”, vendidos de forma ilegal, devem ser sempre evitados pelos usuários.

“Nem sempre o carregador mais caro tem maior qualidade, mas o usuário precisa desconfiar um pouco quando o preço for muito abaixo do praticado no mercado. Vale aquela máxima: ´o barato sai caro´”, aconselha.

Garanta sua segurança com carregadores, seguindo as instruções abaixo:

– Priorize carregador de fábrica do seu aparelho

– Opte por marcas conhecidas e fuja dos “piratas”

– Evite o mau uso do carregador

– Veja se o carregador tem selo internacional de qualidade

– Atente aos valores da energia.

Com informações do UOL

Leave A Reply

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com