Por falta de pagamento, empresa retira materiais do HCAL que seriam utilizados em cirurgias ortopédicas

0

Para piorar ainda mais a situação de quem precisa passar por procedimentos ortopédicos, a empresa Síntese retirou materiais de órteses e próteses do Hospital de Clínicas Alberto Lima (HCAL). Segundo suas alegações, o Governo do Estado não estaria repassando os pagamentos.

 

Nas redes sociais, o servidor Alencar Júnior se espantou com o que viu. “Ao chegar para assumir o plantão de hoje no HCAL observei uma cena dantesca que atenta contra toda forma administrativa de gerir a máquina pública, a empresa Síntese retira todo seu material de cirurgia do bloco do Hospital de Clínicas Dr. Alberto Lima. São insignificantes R$ 1,5 milhão a serem repassados para a empresa detentora dos instrumentais. Na Expofeira gastaram bem mais que isso…  MEU DEUS CUIDE DE QUEM PRECISA DAS CIRURGIAS ORTOPÉDICAS”, lamentou.

No mês de novembro, pacientes da ala de traumatologia do Hospital de Clínicas fecharam os portões de acesso à unidade. Eles disseram que não aguentavam mais esperar pelas cirurgias. Na época, a Secretaria de Saúde chegou a divulgar que uma nova licitação para a compra de materiais tinha sido aberta e em poucos dias tudo voltaria ao normal. Ao que tudo indica, quase nada foi feito.

Mário da Silva, que sofreu um acidente em uma fazenda no interior do Estado, contou que há mais de 30 dias aguarda por cirurgia, mas os médicos sempre adiam. “Se já estava ruim, deve ficar ainda mais. Alguém tem que fazer alguma coisa por nós”, desabafou.

Leave A Reply

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com