} })(); window._fbq = window._fbq || []; window._fbq.push(['track', '6029630809151', {'value':'0.00','currency':'BRL'}]);

2,2 milhões de vagas formais devem sumir em 2016 e a previsão para 2017 ainda é pessimista

0

O Brasil pode perder até 2,2 milhões de vagas com carteira assinada neste ano que começa e o emprego deve começar a reagir em 2018, na opinião de especialistas em mercado de trabalho.

 

Sem a retomada da economia, com a inflação corroendo o poder de compra das famílias e as empresas se reestruturando, o desemprego —mais concentrado em 2015 no setor industrial e na construo civil— deve agora atingir com intensidade o setor de serviços e o comércio.

O trabalhador com carteira assinada deve ser o mais afetado, segundo analistas, que já veem espaço para o avanço da informalidade nas contratações. Os mais otimistas preveem ao menos 800 mil vagas eliminadas.

Na análise dos mais pessimistas —os que acreditam que o PIB vai encolher 3%—, o Brasil vai perder de 2 milhões a 2,2 milhões de empregos com registro em carteira.

E há ainda quem diga que até 2017 termine com 100 mil postos de trabalho a menos.

Com informações do UOL

Leave A Reply