Deputada Cristina quer que Comissão de Saúde apure denúncia sobre compra de remédios

0

Na manhã desta terça-feira, 17, a deputada Cristina Almeida (PSB), usando o Grande Expediente da Assembleia Legislativa, pediu que a Comissão de Saúde e Assistência Social daquela Casa de Leis apure denúncia feita pelo Portal MZ sobre o fato de o Governo do Amapá ter comprado remédios da empresa Biogen-Distribuidora de Medicamentos Ltda., acusada de praticar superfaturamento e fraudes em licitações em vários Estados como Pará, Maranhão e Mato Grosso.

 

“Ao tomar conhecimento da denúncia, fui procurar informações no Portal da Transparência, mas, para minha surpresa, ele está desatualizado. Não somos contra a compra emergencial de remédios, mas é preciso que se esclareça a forma como está sendo feita. É preciso o mínimo de critério quando se faz uma compra dessa natureza”, ponderou a deputada.

Ainda sobre esse assunto, o deputado Max da AABB (PSB) disse que neste domingo, 15 – se referindo às manifestações -, a sociedade deu um grande recado aos governantes. “O povo exige mais transparência”, alertou.

Na mesma linha, o deputado Paulo Lemos (PSOL) destacou que o papel da Assembleia Legislativa é fazer esse acompanhamento e que apoia a iniciativa da deputada Cristina Almeida de solicitar que a Comissão de Saúde e Assistência Social apure o caso.

O deputado Jaci Amanajás (PPS), que integra a Comissão, em aparte, disse que já começou a solicitar documentos informando os gastos. Já a deputada Edna Auzier (PROS) informou que, no dia 24 de fevereiro, protocolou ofício na Secretaria de Estado da Saúde pedindo a vinda do secretário Pedro Leite para ele dar explicações sobre o Estado de Emergência.

O único parlamentar a defender a Biogen foi o doutor Furlan (PTB). “A empresa pode estar suspeita, mas não impedida de vender”, argumentou, agindo como uma espécie de advogado da empresa.

Leave A Reply

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com