Terceirizados da saúde voltam a protestar e agora queimam pneus interditando a Avenida FAB

0

Pelo segundo dia consecutivo, os trabalhadores da área da saúde que prestam serviço para empresas terceirizadas fizeram manifestação cobrando o pagamento de seus vencimentos atrasados há mais de quatro meses.

saude3

Desta vez, eles ocuparam a frente da Secretaria de Estado da Saúde e atearam fogo em pneus na Avenida FAB interditando todo o trecho. Na segunda-feira, 22, os trabalhadores das empresas  Alfa, Executiva e Bernacon ocuparam a frente do Palácio do Setentrião.

O protesto

Os trabalhadores dizem que o governador Waldez Góes (PDT) afirmou durante a campanha eleitoral que os salários seriam pagos em dia, mas, segundo atestam, não é o que vem ocorrendo. “Já estamos entrando no quinto mês e nada do nosso dinheiro”, cobrou a terceirizada Luana Vaz.

Atrás do Hospital de Clínicas Alberto Lima uma quantidade de lixo estava sendo recolhida pela empresa coletora após passar uma semana. A categoria afirma que o pagamento da referida empresa está atrasado. “Já enfrentamos uma carga pesada e sem condições de trabalho, e pra piorar o lixo aí estava fazendo mal pra gente e pros pacientes que procuram atendimento”, relatou.

Em frente ao Palácio do Setentrião, os servidores da saúde estavam em greve cobrando o pagamento de gratificações em atraso e melhores condições de trabalho. Na sexta-feira, 19, em assembleia geral, a categoria aprovou a continuidade do movimento devido ao fato de o governo não ter atendido as reivindicações.

Leave A Reply

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com