Professores acusam presidente do Sinsepeap de convocar plenária para palanque político do senador Randolfe

0

“Eu considero no mínimo estranho que em pleno século XXI com tantas formas de disseminar informações que o caso da transposição dos servidores estaduais do Amapá para o governo federal seja tratado da forma que foi hj. Os servidores querem informações técnicas e fundamentais para oficializarem a sua opção, mas o que ocorreu foi ouvir discurso político de um senador e de um presidente de sindicato com piti. Porque a União e o estado não disponibilizam uma cartilha de fácil acesso e sem necessidade de reunião política?”

randolfe 2

Foi com essa postagem em seu perfil no Facebook que a professora Carla Nobre condenou a atitude do presidente do Sindicato dos Servidores Públicos em Educação no Amapá (Sinsepeap), Aroldo Rabelo, o qual convocou uma plenária na manhã desta sexta-feira, 11, a fim de supostamente esclarecer dúvidas sobre a transposição dos servidores do Estado e do município para a União.

Os professores reclamam que, no convite, o presidente do Sinsepeap dizia que era um assessor parlamentar de Brasília que iria tirar as dúvidas sobre o procedimento.

A reunião foi desastrosa, ficamos com mais incertezas ainda, não esclareceu nada, as indagações sobre os vencimentos eles não deram de forma clara quanto vamos ganhar, pois o professor opta por 20h, 40h ou 40h + dedicação exclusiva, esse professor entra com 40h e a opção para a dedicação e depois mas quanto tempo depois vamos receber. Enfim, a pessoa que veio de Brasília pensávamos que era do Ministério mais era assessor do Randolfe”, disparou a professora Joelma Costa.

Leave A Reply

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com