Obra de pavimentação do governo com recursos do BNDES na rua principal do Infraero II afunda pela terceira vez

0

Lançadas com pompas no mês de novembro do ano passado pelo governador Waldez Góes (PDT), as obras de pavimentação da avenida principal do Infraero II – Carlos Lins Côrte – está deixando os moradores em alerta com relação ao item qualidade. E a via ainda nem foi inaugurada e parte do asfalto que já estava pronto afundou. Detalhe: essa é a terceira vez que isso ocorre.

 

Na verdade, essa obra vez ou outra é alvo de reclamação dos moradores, que falam em desperdício de dinheiro público. Numa das vezes a empresa contratada pelo Governo do Amapá, ao invés de fazer a drenagem, primeiro efetuou a pavimentação e depois, após denúncias dos moradores, teve de destruir parte do trabalho e fazer a drenagem.

“Já descobrimos várias irregularidades nessa obra. Manilhas foram instaladas em toda a via, porém faltou meio-fio e galerias por onde entraria água das chuvas. Agora a empresa está rasgando o asfalto recém-colocado para instalar as galerias”, alertou o presidente da Associação de Moradores, Paulo Ronaldo.

A obra está sendo feita com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e faz parte do Plano de Mobilidade Urbana na Zona Norte de Macapá, que prevê ainda a pavimentação de outras ruas e avenidas nos bairros Infraero I, Infraero II, Parque dos Buritis, Loteamento Açaí, Ilha Mirim, Ipê e Novo Horizonte.

Leave A Reply

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com