Uma revolução em marcha: Transparência e controle social

0

Muito antes do lançamento das obras, a comunidade beneficiada vem acompanhando passo a passo as ações do projeto Igarapé Sustentável. Sabem, por exemplo, o detalhamento de tudo o que será construído, como tamanho, material, etc. Isso tudo só foi possível porque foi criado um grupo de WhatsApp, pelo gabinete do senador João Capiberibe (PSB/AP), com o objetivo de manter os moradores informados.

 

A ideia, segundo Capiberibe, deu certo e o controle social passou a ser feito pelos próprios moradores que postavam o andamento da obra, principalmente da pavimentação asfáltica, cobrando da empresa a execução correta dos serviços e a empresa, que está no grupo, por sua vez informa sobre atraso nos pagamentos e os moradores cobram da secretaria responsável, avisando que sabem que tinha dinheiro em conta para efetuar o pagamento.

Depois dessa experiência, narrou o senador, foram criados outros grupos em locais onde suas emendas estavam sendo executadas ou que ainda serão executadas, como é o caso do conjunto habitacional da Embrapa e o Morada das Palmeiras.

“Sentimos que faltava algo mais, daí então criamos páginas no Facebook chamadas ‘De Olho na Emenda’ para que outras pessoas, fora daquele grupo diretamente beneficiado, possam saber como o dinheiro dos seus impostos está sendo empregado”, destacou o senador, falando que isso é uma inovação na fiscalização do dinheiro do cidadão.

Para Capiberibe, esse modelo revolucionário de acompanhamento da aplicação do dinheiro público diminui a distância entre governo e população. “A lei da transparência e a tecnologia digital nos permitem o exercício da democracia direta, facilitam a fiscalização e o controle dos gastos e previnem a corrupção”, resumiu.

Nos distritos de Fazendinha, em Macapá, e Igarapé da Fortaleza, no município de Santana, Capiberibe desenvolve o projeto Igarapé Sustentável – com recursos assegurados junto ao Ministério da Integração Nacional no montante de R$ 13 milhões, e contrapartida de R$ 3,5 milhões do GEA – para criação de um polo produtivo sustentável na área da alimentação e do turismo, que inclui o asfaltamento de ramais de acesso, construção de fábricas de processamento, logística de embarque e desembarque e roteiros turísticos.

No conjunto habitacional da Embrapa o senador socialista destinou duas emendas que totalizam R$ 974.378,50 para a pavimentação de ruas. Já no Morada das Palmeiras o valor da obra é de R$ 1.562.000,00, sendo R$ 1,5 milhão de emenda parlamentar e R$ 62 mil de contrapartida da Prefeitura de Macapá.

Para a área da saúde, o senador Capiberibe destinou emendas destinadas à compra de equipamentos que perfazem o valor de R$ R$ 5.117.410,00, além de emendas para atenção básica no valor de R$ 1.939.104,00 que beneficiarão os municípios de Itaubal, Cutias, Porto Grande, Mazagão, Serra do Navio, Vitória do Jari, Laranjal do Jari, Pracuúba, Ferreira Gomes, Calçoene, Amapá, Tartarugalzinho, Pedra Branca e Oiapoque.

Acompanhe aqui os endereços virtuais

Igarapé Sustentável – https://www.facebook.com/De-Olho-na-Emenda-Igarap%C3%A9-da-Fortaleza-1082159278519293/?fref=ts

Conjunto da Embrapa – https://www.facebook.com/De-Olho-na-Emenda-Conjunto-Embrapa-2034892396735382/?fref=ts

Morada das Palmeiras – https://www.facebook.com/De-Olho-na-Emenda-Morada-das-Palmeiras-1189455401065658/?fref=ts

Saúde – https://www.facebook.com/De-Olho-na-Emenda-Sa%C3%BAde-245957722428052/?fref=ts

Leave A Reply

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com