Pesquisadores usam urina para gerar energia elétrica

0

Sistema aproveita metabolismo de micro-organismos para carregar baterias

 

Para os leigos, a urina pode ser apenas os rejeitos do organismo, mas um time de pesquisadores da Universidade de West of England, em Bristol, quer aproveitar os elementos químicos nela presentes para gerar energia. Os cientistas utilizaram um sistema de Célula de Combustível Microbiana (MFC, na sigla em inglês), que aproveita micro-organismos para gerar energia como parte de seu processo metabólico.

— Os micro-organismos são extremamente eficientes, com aproveitamento superior a 96%, na conversão de material orgânico em energia — disse Ioannis Ieropoulos, líder do estudo, em entrevista à BBC. — Entretanto, um sistema MFC de boa performance aproveita menos de 60%. Claramente existe muito espaço para melhorias.

Para comprovar a tese de que urina pode gerar energia, os pesquisadores instalaram mictórios especiais no campus da universidade e, em outra oportunidade, em um festival de música em Glastonbury. Nos dois experimentos o sistema MFC gerou eletricidade suficiente para manter o interior das cabines iluminado com lâmpadas LED.

No momento, o processo gera energia apenas para recarregar baterias de íons de lítio, as mesmas presentes em smartphones e outros eletrônicos. Para áreas sem infraestrutura, a tecnologia pode ser uma saída sustentável. A tecnologia é tão promissora que está sendo financiada pela Fundação Bill and Melinda Gates.

— O efluente que sai do MFC é mais limpo e balanceado quimicamente que a urina que entrou, e pode encontrar uso como fertilizante — disse Ieropoulos. — Além disso, o MFC permite a recuperação de recursos úteis, como o fosfato.

De O Globo

Leave A Reply

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com