Turista amapaense foi diagnosticado com febre do Mayaro em Fortaleza

0

Com sintomas semelhantes aos da chikungunya, a febre do Mayaro foi diagnosticada em turistas que passaram por Fortaleza. Para infectologista, risco de epidemia é baixo

Macapá, 06/01/2017 – Pelo menos dois turistas, um amapaense e outro paraense, apresentaram sintomas de febre do Mayaro em Fortaleza. A doença é transmitida por arbovírus — vírus transmitidos por insetos — e, de acordo com o Ministério da Saúde, em estudos de laboratório foi demonstrada competência de vetores urbanos, incluindo o Aedes aegypti.  Os registros ocorreram há cerca de dois meses e os pacientes já se recuperaram.

Em Fortaleza, o médico infectologista Ivo Castelo Branco disse que “as pessoas chegaram ao consultório com sintomas clínicos muito semelhantes ao de chikungunya, mas o resultado era negativo para esta doença e para dengue e zika. Como eram pessoas de outro estado foi cogitada a febre de Mayaro e, quando chegaram nas respectivas regiões, o diagnóstico se confirmou”.

Ivo Castelo Branco explica que os sintomas da doença são bem semelhantes aos da chikungunya, com febre aguda, erupções na pele e dores articulares intensas. O vírus não é novo e foi identificado pela primeira vez em 1954. O que mudou é que a febre do Mayaro, antes transmitida comumente por vetores silvestres, agora, aparentemente também pode ser transmitida por vetores urbanos.

Leave A Reply

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com