Senador Capi e prefeito Ofirney Sadala articulam recursos para ampliação do Porto de Santana

0

O senador João Capiberibe (PSB) e o prefeito de Santana Ofirney Sadala (PHS) visitaram na manhã deste sábado, 29, a Companhia Docas de Santana. O prefeito e o senador estão empenhados em conseguir recursos financeiros para a ampliação do Porto.

 

Durante a visita, o prefeito Sadala mostrou o funcionamento e a estrutura do Porto. “Hoje, várias empresas estão se instalando aqui. As mais recentes foram a Caramuru e a Sianport, mas necessitamos de recursos para sua ampliação”, disse o prefeito. Sadala ainda informou que pelo Porto é feito o embarque e desembarque de alimentos, combustível, minério, grãos, entre outros produtos.

O prefeito também informou que dentro do plano de expansão do Porto está a construção de novos atracadouros. “O custo para a construção de um novo píer de atracação gira em torno de R$ 150 milhões, mas a prefeitura não tem capacidade para investir”.

O senador Capiberibe disse ao prefeito que está trabalhando junto aos demais parlamentares federais para garantir uma emenda de bancada destinada à ampliação do Porto. “Com a ampliação vamos garantir a geração de emprego e renda”, ressaltou Capi.

Centro Esportivo

Ainda em Santana, o senador e o prefeito visitaram o local onde está previsto a construção de um centro esportivo. Na ocasião, o prefeito pediu apoio a Capiberibe para que ajude na liberação desta área, que pertencente ao município, mas que se encontra ocupada com minério de uma empresa privada. De acordo com Sadala, o prazo para início das obras termina em junho.

centro esportivo santana

“A Zamin colocou na área que pertence ao município mais de 200 mil toneladas de minério e precisamos fazer a remoção dele, e isso depende de projeto e estudo de impacto ambiental e isso demanda tempo”.

O senador ficou de enviar documento ao Ministério dos Esportes pedindo a prorrogação do prazo para que o município não perca os recursos.

Leave A Reply

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com