VII Aldeia Sesc Povos da Floresta começa na sexta-feira

0

Seis dias repletos de muitas expressões culturais à disposição do público amapaense

Começa na próxima sexta-feira, 19, o projeto Aldeia Sesc Povos da Floresta, evento cultural que traz uma programação recheada de espetáculos teatrais, dança, circo, apresentações musicais, oficinas e debates.

A programação promovida pelo Sistema Fecomércio por intermédio do Sesc Amapá, contempla ainda a etapa do projeto nacional Palco Giratório, que há 20 anos faz circular pelo Brasil inteiro grupos e artistas de teatro, dança e circo.

Além dos destaques nacionais, com os espetáculos “A Beira de…” e Palafita, o Aldeia Sesc destaca a cultura de raiz amapaense com o circuito de Batuque e Marabaixo  com o grupo Berço do Marabaixo que vai percorrer escolas públicas de Macapá.

Os espetáculos que fazem parte do Palco Giratório também trazem à cidade a oferta de duas oficinas que também serão gratuitas, porém com vagas limitadas.

Para se inscrever nas oficinas os interessados devem procurar o setor de cultura no Sesc Araxá.

Ao longo de mais de uma década, o Aldeia Sesc de Artes, tem se fixado na agenda cultural da cidade como uma das principais vitrines para a produção artística local, possibilitando um valioso espaço de intercambio cultural, disponibilizando a toda a sociedade o acesso à cultura em suas diversas formas e representações.

Nesse ano, o VII Aldeia Sesc Povos da Floresta acontecerá de 19 a 26 de maio com apresentações no Teatro da Bacabeiras, Sesc Centro, Universidade Federal do Amapá (UNIFAP), Sesc Araxá e escolas públicas através de itinerância com grupo de tradição (Marabaixo e Batuque).

Negro de Nós e Aroldo Pedrosa

Para a abertura especial do projeto, dois espetáculos musicais vão ser realizados no Sesc Centro, a partir das 19 horas. O primeiro é a banda Negro de Nós, que faz 30 anos de carreira. A vocalista Silmara vai interpretar hits da MPB como também canções autorais da banda registradas em CDs ao longo desses 30 anos.

O segundo espetáculo musical previsto para iniciar às 22 horas, terá o compositor e cantor amapaense Aroldo Pedrosa com a VanguardaTrupe & LavourArcaica celebrando os 50 anos do movimento tropicalista que explodiu no Brasil nos agitados anos de 1967 e 1968. O espetáculo em homenagem ao movimento chama-se A Tropicália na Linha do Equador, com Aroldo Pedrosa, Cássio Pontes, Adail Jr, Sílvio Neto, André Jucá, Ingrid Sato e Maria Rojanski cantando os clássicos dos discos tropicalistas, sobretudo as canções do disco-manifesto Tropicália ou Panis et Circencis. O compositor e cantor Aroldo Pedrosa, que se diz discípulo dos ícones Caetano Veloso e Gilberto, que lideraram o movimento e compuseram as principais canções, é um estudioso da obra tropicalista e em alguns anos vem compõe canções cujas letras e sons remetem de algum modo à singularidade da música feita pelos artistas tropicalistas. E essas canções, segundo Pedrosa, vão estar na playlist do espetáculo musical concebido por ele.

“Não existe ninguém mais tropicalista do que nós, macapaenses, nascidos sobre a Linha do Equador, ou seja, neste ponto equidistante entre o trópico de Capricórnio e o trópico de Câncer”, poeta para justificar sua permanente paixão pela Tropicália, o compositor Aroldo Pedrosa. Ele também diz que o ambiente do Sesc Centro vai ter todo um cenário de cores e peças de arte que muito representam o manifesto artístico e musical daqueles inesquecíveis anos. É Proibido Proibir, por exemplo, que ele interpreta, cuja performance provocou a prisão de Caetano Veloso pelos militares que haviam tomado o poder a partir de 1964, Pedrosa não só canta o famoso clássico como faz o discurso explosivo do líder tropicalista o qual foi dirigido à plateia e ao júri do FIC de 1968 e que acabou em registro de disco ao vivo. A réplica do polêmico estandarte “Seja marginal, seja herói”, do artista plástico Hélio Oiticica, assim como os célebres parangolés da arte visual e pop do artista, também vão estar expostos lá, compondo o cenário, a tropicália ou panis et cricencis do show comemorativo. E outras manifestações que devem acontecer ainda na noite.

Confira a programação completa do VII Aldeia Sesc Povos da Floresta:

19 de Maio

Local: Auditório do Curso de Teatro Unifap

9h – Seminário Palco Giratório 20 Anos

10h – Apresentação Poetas Azuis

11h – Experimentos Cênicos – Curso de Teatro Unifap

Classificação: 16 anos.

Local: Sesc Centro

20h – Shows Musicais com Negro de Nós e Aroldo Pedrosa/VanguardaTrupe & LavourArcaica

22 de Maio

Local: Espaço Recreativo – Sesc Araxá

9h – Espetáculo: “Feliz Cidade” – Cia. Viva de Teatro

Classificação: Livre.

15h às 20h – Oficina Palco Giratório – “O Corpo – o Espaço – A Imagem: Estímulos para a criação de movimentos”.

Classificação: 16 anos.

Inscrições Gratuitas: Sala de Cultura Sesc Araxá.

23 de Maio

Local: Espaço Recreativo – Sesc Araxá

9h – Espetáculo – “Show circo roda ciranda”.

15h – Espetáculo – “Kayeb: Na Pegada da Cobra Grande” – Mov. Cultural Desclassificáveis.

Classificação: Livre.

 

Local: Teatro das Bacabeiras

20h – Espetáculo Palco Giratório – “A beira de…” – Associação de Bailarinos, Coreógrafos e Professores de Dança de Fortaleza (CE).

Entrada Franca – Classificação: 16 anos.

24 de Maio

Local: Espaço Recreativo – Sesc Araxá

9h – Espetáculo – “Circo Artes Tucujú”

15h – Os acrobatas – Grupo Casa Circo

Classificação: Livre.

25 de Maio

Local: Espaço Recreativo – Sesc Araxá

9h – Espetáculo de Capoeira: Associação Cultural e desportivo vem Brincar Capoeira

15h – Espetáculo de Capoeira – Grupo de Capoeira Guerreiros dos Campões

Classificação: Livre.

15h às 20h – Oficina Palco Giratório: “Corpo, Imagem e Sobre o Peso” – Técnica Circense.

Palestrante: Grupo Fuzuê – Fortaleza (CE)

Inscrições Gratuitas: Sala de Cultura Sesc Araxá.

26 de Maio

Local: Espaço Recreativo Sesc Araxá

9h – Espetáculo: Divertssiment – Grahan Cia. De Dança

 Local: Sesc Centro

20h – Encerramento com Shows Musicais

Ariel Moura

Brenda Melo

Grupo Bandaia

Classificação: Livre

 

Local: Teatro das Bacabeiras

20h – Espetáculo Palco Giratório – “Palafita” – Grupo Fuzuê – Fortaleza (CE)

Entrada Franca – Classificação: 16 Anos.

 

Serviço

Sesc Araxá

Rua Jovino Dinoa, 4311- Beirol – Macapá

Coordenação de Cultura

Fone: (96) 3241-4440 (ramal 239)

Sesc Centro

Fone: (96) 3241-4440 (ramal 223)

Leave A Reply

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com