Diário do Pará diz que ‘Gestão Compartilhada’ do senador Capi fez milagre: sobrou dinheiro em obra

0

O jornal “O Diário do Pará”, edição de segunda-feira, 28, na coluna Reporte Diário (RD), publicou duas notas sobre o “milagre” que aconteceu no Amapá de ter sobrado dinheiro na pavimentação de travessas de conjunto Embrapa, em Macapá, realizada com recursos de emenda do senador Capiberibe (PSB/AP).

 

O colunista paraense ressaltou a singularidade do fato: “o inusitado aconteceu: sobrou dinheiro”. O RD ainda disse que a eficiência da obra se deu em função do uso da “Gestão Compartilhada”, que é a metodologia utilizada pelo senador Capiberibe no acompanhamento de suas emendas parlamentares.

Veja as notas:

Milagre

Num país onde aditivar contratos de execução de obras públicas é um procedimento quase corriqueiro, no Amapá, numa obra de pavimentação de travessas de um conjunto residencial, o inusitado aconteceu: sobrou dinheiro.  O “milagre” aconteceu no conjunto Embrapa, zona sul de Macapá. E é resultado de um tipo de fiscalização de obras, serviços e compra de equipamentos chamada de Gestão Compartilhada, uma metodologia criada e usada pelo senador João Capiberibe (PSB/AP), no acompanhamento das suas emendas parlamentares.

Eficiência

A metodologia usa as redes sociais, sobretudo, o WhatsApp, para criar um fluxo permanente de informações entre as partes interessadas nas obras, ou seja: poder público, população beneficiada, empresários e o mandato do senador. No caso do Embrapa, o senador alocou uma emenda no valor de R$ 1.004. 375,00, para bloquetagem de oito travessas do conjunto. Com o uso da Gestão Compartilhada sobrou cerca de R$ 99 mil do dinheiro orçado.

Leave A Reply

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com