Deputado denuncia que a reforma da Assembleia Legislativa do Amapá irá custar R$ 11 milhões aos cofres públicos

0

A Assembleia Legislativa do Amapá, que já foi alvo de vários escândalos, inicia o ano de 2018 com mais um. Nesta terça-feira, 06, o deputado estadual Haroldo Abdon (PPL), que substituiu Mira Rocha, que foi cassada pela Justiça, criticou o valor da reforma do prédio da Casa de Leis, que, segundo o parlamentar, o valor da obra vai custar R$ 11 milhões. Detalhe: na placa o valor da obra é de pouco mais de R$ 3 milhões.

 

“No momento que falta remédios nos hospitais, viaturas sucateadas e sem combustíveis, a Assembleia Legislativa não se pode dá o luxo e fazer um gasto milionário nessa reforma”, disparou o parlamentar ao defender a redução de R$ 70 milhões do orçamento da ALAP que, atualmente, é de R$ 172 milhões.

Após a denúncia, o deputado Pedro DaLua (PSC) disse que o valor de mais de R$ 3 milhões, que está na placa, está correto, mas disse que o valor final da reforma será de R$ 11 milhões, por causa do aparelhamento da Casa e compra de móveis.

Ao final da sessão, DaLua e o presidente da ALAP, Kaká Barbosa (Avante), entraram com representações contra Haroldo, tendo como argumento a quebra do decoro parlamentar. O pedido de ambos foi encaminhado para a Comissão de Ética da Casa e deverá ser apreciado no prazo de 20 dias úteis.

Leave A Reply

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com