Perseguição: por denunciar onda de violência no Amapá, policial militar é transferido de posto de trabalho

0

O policial militar João de Deus utilizou as redes sociais para dizer que foi transferido de posto de trabalho em razão de que vem realizando constantes denúncias devido a onda de violência que vem ocorre no Amapá.

 

“Por falar a verdade aqui no Facebook sobre a violência do nosso Estado fui transferido. Pode uma coisa dessa?”, indagou.

Numa das postagens, João de Deus denunciou a onda de assaltos que vêm ocorrendo em ônibus. “Vamos orar por Macapá, dois ônibus assaltados hoje à noite. Assalto em farmácias, assassinatos; temos que fazer algo”.

A internauta Elda Fernandes saiu em defesa do policial. “Está na hora desse nosso secretário de segurança começar a perseguir bandido que está um descontrole geral nesse Estado e deixar os homens de Deus trabalharem em paz”, desabafou.

Sobre a denúncia que o policial trouxe à público, o governo do Estado ainda não se pronunciou.

Leave A Reply

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com