Advogado ajuíza Ação Popular contra reforma milionária da Assembleia Legislativa do Amapá

0

O advogado Cícero Bordalo ajuizou Ação Popular contra todos os deputados estaduais, em razão da reforma milionária da Assembleia Legislativa do Amapá (AL/AP).

 

“Nesse sentido, tenho em mãos a denúncia de um dos deputados se manifestando contra essa ilegalidade. Conseguiram retirá-lo da ALAP, através de uma liminar judicial”, informou em comunicado distribuído nas redes sociais.

O advogado se refere à denúncia feita pelo ex-deputado Haroldo Abdon (PPL), que disse que o custo total da reforma e reaparelhamento da Casa de Leis irá custa em torno de R$ 11 milhões. Após a denúncia, o parlamentar foi destituído do cargo, com base numa liminar do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Auxílio paletó

O advogado Cícero Bordalo também entrou com Ação Popular contra o auxílio paletó, por achar imoral tal conduta.

“Como retaliação contra mim, vários deputados, ao invés de reverem suas posturas com a responsabilidade que emana do próprio exercício do cargo que representa os anseios sociais, decidiram e acharam mais conveniente me atacar propagando calúnias, difamações e injúrias em meu desfavor. Todos os envolvidos serão processados, incluindo os incautos cabos eleitorais”, anunciou.

Sobre o auxílio paletó, o presidente da Assembleia Legislativa do Amapá (Alap), Kaká Barbosa (Avante), informou que foi arquivado o projeto de lei de autoria da Mesa Diretora que instituía dois novos benefícios aos deputados: o subsídio de Natal e o auxílio-vestuário.

A ALAP ainda não se pronunciou oficialmente sobre a Ação Popular movida pelo advogado.

Leave A Reply

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com