} })(); window._fbq = window._fbq || []; window._fbq.push(['track', '6029630809151', {'value':'0.00','currency':'BRL'}]);

Senador Capi visita hospitais de Macapá e Santana e volta a cobrar do GEA o funcionamento de equipamentos

0

Na manhã desta quinta-feira, 05, o senador João Capiberibe (PSB) visitou o setor de oftalmologia do Hospital de Clínicas Alberto Lima (HCAL), onde detectou que os equipamentos que foram adquiridos através de emenda de sua autoria no valor de mais de R$ 5 milhões e que iriam garantir a retomada das cirurgias de cataratas ainda não estão sendo realizados porque o governo do Estado não adquiriu os insumos.

 

Durante a visita, o senador Capi conversou com a paciente Arilda Martins, que fez cirurgia de catarata num dos olhos através do programa Visão Para Todos, reativado na gestão do ex-governador Camilo Capiberibe (PSB), e que foi desativado novamente pela atual gestão.

“Desde então, aguardo para fazer a cirurgia do outro olho e até agora continuo sem perspectiva”, relatou a paciente.

Foi a quinta vez que o parlamentar socialista visitou a unidade de saúde e constatou novamente que os equipamentos que foram adquiridos em setembro de 2017 ainda não estão funcionando.

“É de se lamentar, que hoje tem mais de seis mil pessoas esperando cirurgias oftalmológicas e o governo não coloque para funcionar esses equipamentos”, cobrou o senador Capi da diretora interina do setor de oftalmologia, Maria das Neves, que disse que para voltar as cirurgias falta lentes e instrumental que ainda não chegaram.

Hospital de Santana

Ainda pela manhã, o senador Capiberibe visitou o Hospital de Santana, que ao chegar no local, por volta das 10h da manhã, ouviu dos pacientes que não tinham médico de plantão. Detalhe: na escala deveria estar o profissional desde às 7h da manhã.

Além da falta de médicos, os pacientes relataram que há falta de medicamentos. “A nossa alimentação é frango todos os dias”, disse o acompanhante de paciente, Ronaldo Bastos, que denunciou também que o Raio-X está quebrado.

Outro problema identificado pelo senador Capi foi que a lavagem do material do setor de emergência está sendo feito num banheiro improvisado. “O nosso mandato e da deputada Janete estão garantidos recursos para equipar a maternidade e o novo prédio que está com as obras paradas desde o final de 2014”, lamentou Capiberibe, que fechou a visita no Centro Cirúrgico, e depois no setor de Nefrologia, onde os pacientes disseram que não há transporte para eles chegarem até a casa de saúde.

Leave A Reply