Conheça Whitby, a cidade que inspirou Bram Stoker a escrever ‘Drácula’

0

Muitos escritores usam lugares ou eventos reais como inspiração para seus livros. Um exemplo de tal inspiração é Whitby, a pitoresca cidade costeira que serviu de cenário para Bram Stoker escrever Drácula em 1897. Já dá para ter uma boa ideia de como é o lugar do qual estamos falando, não é?

Ela parece ter saído direto de um conto de terror, cercada de lápides, ruínas, becos e contos assombrosos. E não se deixe enganar: Whitby não se localiza nem perto da Transilvânia, na Romênia. Na verdade, a cidade fica no norte da Inglaterra.

Na realidade, toda a história de Bram Stoker com “Drácula” começou ali mesmo. Ele se encantou pelo cenário local ao visitar a cidade em 1890, quando se deparou com as ruínas da Whitby Abbey, uma igreja do século XIII, que convenientemente é cercada de lápides.

Porém, foi também nessa jornada que Stoker se deparou com um livro que contava a lenda do príncipe romeno do século XVI Vlad Tepes, ou Vlad III, da Ordem do Dragão (Draculea), também conhecido como Vlad, o Empalador, que ganhou essa fama por empalar seus inimigos  o famoso Drácula.

Stoker uniu todas as crueldades que a lenda trazia a respeito de Vlad ao cenário assustador de Whitby para criar, em 7 anos, uma das histórias de vampiro mais famosas do mundo!

A cidade no Halloween

Essa inspiração toda foi maravilhosa não apenas para Bram Stoker e os amantes da literatura, mas também para o turismo!

A notícia de que Whitby é o local de nascimento do livro “Drácula” já chegou por aquelas bandas há muito tempo, o que transforma a cidade em um verdadeiro festival gótico durante todo o mês de outubro desde 1994.

Em torno de 10 mil góticos, punks e simpatizantes, muitos deles em um verdadeiro role playing, se reúnem na pequena cidade completamente decorada para 1 mês repleto de música e festividades em homenagem ao mês das bruxas e, especialmente, a Drácula!

Leave A Reply

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com