Ação fiscaliza condições de funcionamento das academias de ginástica de Macapá

0

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) iniciou nesta terça-feira, 5, uma ação em conjunto com as vigilâncias sanitárias Municipal e Estadual, Conselho Regional de Educação Física e o Instituto de Defesa do Consumidor do Amapá nas academias de ginástica de Macapá. O objetivo é verificar as condições higiênico-sanitárias do ambiente, aparelhos e equipamentos, valores cobrados na mensalidade, bem como se os empreendimentos possuem o alvará de funcionamento.

 

Durante a ação, duas academias foram notificadas e uma foi interditada por não possuir condições higiênico-sanitárias necessárias e exigidas pelos órgãos fiscalizatórios. De acordo com a diretora da Vigilância Sanitária Municipal, Eriane Barbosa, as fiscalizações se estenderão até o fim desta semana. “Nossa intenção é fiscalizar dez academias, garantindo a integridade e a saúde dos frequentadores. Observamos, por exemplo, as condições dos aparelhos, bebedouros e estrutura física”.

As academias que foram notificadas têm o prazo de 15 dias para fazer as adequações exigidas. Já a interditada só será reaberta após o cumprimento de todos os itens observados durante a inspeção. “Nosso interesse não é fechar o estabelecimento ou prejudicar o empresário, nosso objetivo é fazer com que a população de Macapá tenha acesso a um serviço de qualidade, que não comprometa, principalmente, a sua integridade”, ressaltou Eriane.

O serviço de fiscalização em academias é feito rotineiramente pela Vigilância Sanitária Municipal. As ações desenvolvidas pelo órgão têm o objetivo de promover e proteger a saúde da população, eliminando, diminuindo ou prevenindo riscos e intervindo nos problemas sanitários decorrentes do meio ambiente, da produção e circulação de bens e da prestação de serviços.

Da Asscom/Semsa

Foto: Reprodução

Leave A Reply

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com