} })(); window._fbq = window._fbq || []; window._fbq.push(['track', '6029630809151', {'value':'0.00','currency':'BRL'}]);

Saiba quais as causas e os tratamentos para afta na boca

0

Se você já teve uma afta na boca, deve saber que poucas coisas incomodam tanto quanto essa inflamação

 

Essas ulcerações, pequenas feridas rasas e doloridas, aparecem em algumas pessoas com mais frequência que em outras. Porém, não se sabe exatamente o que causa a afta, mas comprovadamente atingem mais mulheres que homens.

Essa afta que aparece na boca pode acometer tanto bebês quanto adultos, em qualquer faixa etária. Quem explica é a dentista Cristina Baumgart, doutora em Patologia Bucal e Coordenadora do Departamento de Estomatologia da Associação Brasileira de Odontologia (ABO) no Rio Grande do Sul.

De acordo com ela, o que se sabe é que alguns fatores, isolados ou em conjunto, contribuem para o aparecimento da afta na boca.

Outras causas da afta na boca

Há, ainda, segundo Cristina, outras possíveis causas da afta na boca. Baixas no sistema imunológico, traumas durante a escovação, alimentação mais ácida, carência de vitamina B12, reações alérgicas, alterações hormonais e estresse são alguns desses fatores.

Cristina explica que aftas pequenas cicatrizam espontaneamente e é preciso apenas suportar o incômodo e as possíveis dores que causam. Nesses casos, depois de alguns dias, elas desaparecem e não requerem tratamentos.

O conjunto de sintomas da afta na boca pode ser reduzido com a aplicação de anestésicos tópicos ou pomadas com corticoides em oral-base sobre a lesão. “No caso de aftas recorrentes, múltiplas ou de maior tamanho, pode-se lançar mão do uso de anti-inflamatórios, corticoides orais ou aplicação de laser diretamente sobre a lesão”, afirma a doutora.

Uma boa dica para evitar o aparecimento de aftas na região bucal é aumentar a ingestão de alimentos que sejam ricos em vitamina B e evitar o consumo de alimentos picantes ou quentes que podem irritar a boca e aumentar muito a chance de desenvolver aftas.

Muitas lesões se confundem com afta

Cristina afirma que as aftas na boca não são lesões cancerizáveis, ou seja, elas não se tornarão um câncer de boca. Mas, acrescenta a especialista, muitas outras lesões bucais podem ser confundidas com aftas.

Por isso, salienta Cristina, todas as ulcerações que permaneçam por mais de 15 dias sem sinais de cicatrização devem ser investigadas. “Além disso, aftas recorrentes podem ser sinais clínicos de alguma doença sistêmica”, alerta a dentista.

Receitas caseiras para curar afta na boca

Você pode usar alguns truques caseiros e naturais para se livrar da afta na boca. Confira, abaixo dicas bem simples que podem lhe ajudar a enfrentar o problema.

 

  1. Limão

 

Misture uma colher de sopa de suco de limão com uma colher de sopa de mel. Com a língua, espalhe pela boca mais diretamente nas lesões. Repita o procedimento várias vezes ao dia.

 

  1. Camomila

 

A camomila é amplamente conhecida por suas propriedades calmantes e cicatrizantes. Ela age aliviando a dor causada pela afta, eliminando-a.

 

Em um litro de água fervente, faça uma infusão com seis colheres de flores secas de camomila. Depois de esfriar, coloque em um vidro escuro e faça gargarejos várias vezes ao dia. Funciona também para aftas na garganta e outras inflamações.

 

Do Doutíssima

Leave A Reply