Campanha internacional de combate à corrupção muda o visual do Ministério Público Federal no Amapá

0

Fachadas das sedes do MPF em todo o país receberam películas com a frase ‘Corrupção, Não!’

 

A fachada do Ministério Público Federal no Amapá (MPF/AP) recebeu nesta quinta-feira, 28, banner com a frase #corrupçãonão. A Procuradoria da República (PR/AP) – unidade administrativa do MPF/AP – está entre as mais de 30 sedes da instituição no Brasil que receberam a identidade visual da campanha ‘Corrupção, Não!’, realizada pelo MPF em parceria com a Associação Iberoamericana de Ministérios Públicos (Aiamp).

O banner com a inscrição “Corrupção, Não!” mede cerca de 4×3 metros e vai permanecer na fachada da PR/AP pelos próximos dois meses. As Procuradorias da República nos Estados, Procuradorias Regionais da República e a Procuradoria-Geral da República, em Brasília, também receberam películas adesivas, faixas e banners com a frase.

O procurador da República Ricardo Negrini, integrante do Núcleo de Combate à Corrupção do MPF/AP, destaca o papel da sociedade na luta contra esse crime. “A campanha é muito importante para lembrar que o combate à corrupção precisa de uma união de esforços de toda a sociedade. Cabe a todos denunciar a corrupção ao Ministério Público e cobrar os órgãos públicos”, enfatiza.

Desvio de verbas

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) afirma que a corrupção é o maior obstáculo ao desenvolvimento econômico e social no mundo. A entidade estima que, a cada ano, pelo menos US$1 trilhão são gastos em subornos, enquanto cerca de US$ 2,6 trilhões são desviados. A soma é equivalente a mais de 5% do PIB mundial.

A campanha reforça que é preciso dizer ‘não’ à corrupção, por menor que ela seja, em todos os lugares: em família, nas ruas, nas conversas informais. “A corrupção não é só aquela ideia clássica da propina paga ao político. Ela começa desde os pequenos atos, como estacionar em vaga prioritária ou bater o ponto sem trabalhar, que já mostram uma falta de compromisso com a lei. É preciso dizer não a isso”, afirma Negrini.

Corrupção, Não!

A campanha, lançada na última segunda-feira, 25 de maio, é realizada pelo MPF em parceria com a Aiamp em 21 países. A proposta é ampliar o debate sobre o combate à corrupção, principalmente na administração pública e busca conscientizar as pessoas sobre o papel do Ministério Público no enfrentamento ao crime. Com duração de dois meses, a ação tem como foco mobilizar jovens nas redes sociais para se unirem ao MPF no combate à corrupção.

Para aderir à campanha, basta compartilhar as peças publicitárias, curtir a Fan Page no Facebook e adicionar ao perfil o Twibbon – o link está em destaque na conta do MPF/AP no Twitter (@MPF_AP). Nas publicações nas redes sociais, use a hashtag #corrupçãonão. O site corrupcaonao.mpf.mp.br reúne todo o material e informações sobre a campanha.

Com informações da Secom/PGR

Leave A Reply

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com