} })(); window._fbq = window._fbq || []; window._fbq.push(['track', '6029630809151', {'value':'0.00','currency':'BRL'}]);

Na Assembleia, presidente da CEA reconhece os avanços alcançados durante o governo Camilo

0

O diretor-presidente da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), Ângelo do Carmo, esteve nesta segunda-feira, 29, na Assembleia Legislativa do Amapá onde fez uma apresentação cujos números revelam que a empresa teve avanços significativos na gestão de Camilo Capiberibe (PSB), no período de 2011 a 2014.

 

“Em 2014, o governo pagou mais de R$ 400 milhões referentes à dívida de federalização da CEA junto aos órgãos federais, fez grandes investimentos em reformas e ampliação de novas redes elétricas, fruto da decisão política do gestor na época, para que o Amapá pudesse integrar o Sistema Interligado Nacional (SIN), que lhe dará autonomia energética”, relatou o diretor.

cristina

Para a deputada estadual socialista Cristina Almeida, “a interligação do Amapá ao SIN, citada pelo presidente da Companhia, foi uma conquista do povo amapaense na gestão do PSB que será fundamental para o Estado se desenvolver na área energética. Isso trará maior volume de energia e servirá como atrativo para que grandes grupos possam, em breve, montar suas indústrias e empresas, gerando emprego e renda ao povo amapaense. Graças à decisão política do governador Camilo Capiberibe, de resgatar a credibilidade do Estado e de realizar grandes investimentos, o Amapá será ligado ao SIN, o que garantirá abastecimento de energia vinda de todo o país, reduzindo assim o consumo de óleo diesel nas termelétricas distribuídas em vários municípios”, enfatizou.

Apagões

Por força do tempo curto, previsto no Regimento Interno da Casa, os parlamentares ficaram impossibilitados de questionar o presidente da empresa sobre os constantes apagões que prejudicam a vida do cidadão amapaense.

“Era melhor ele não ter comparecido. Em respeito ao povo que vem sofrendo diariamente com as oscilações de energia, me junto ao deputado Pedro Da Lua (PSC) para dizer que ‘não valeu’”, falou a deputada Cristina.

Ao contrário do que se esperava, o diretor não conseguiu esclarecer as quedas sistemáticas de energia elétrica que acontecem em toda a capital nos últimos seis meses.

Fotos: Divulgação/Alap

Leave A Reply