Editorias
Colunas
Cidades
Ex-territórios
Publicação: 22/02/2014 - Atualização: 22/02/2014
Governo Federal cria Coordenação-Geral que vai tratar dos ex-Territórios

Da Folhabv


Os servidores dos Ex-Territórios de Roraima, Rondônia e Amapá terão, a partir de agora, uma Coordenação-Geral na estrutura do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) voltada exclusivamente ao tratamento das demandas destes servidores.

 

A informação é da senadora Ângela Portela (PT), que solicitou a criação desta coordenação ao Governo Federal, por meio de ofícios enviados ao Ministério do Planejamento. Nos expedientes, a parlamentar destaca a importância da criação de um órgão destinado a atender e tratar, com mais atenção e celeridade, as demandas e pleitos dos servidores públicos dos extintos territórios.

Nomeado agora em fevereiro como o coordenador-geral, Paulo Borges afirmou que uma das principais questões em análise no momento é o plano de saúde para a Polícia Militar dos extintos Territórios, já solicitado pela parlamentar, juntamente com a deputada federal Dalva Figueiredo (PT/AP) e acolhida pelo Ministério do Planejamento. "Trata-se de um meio que deverá atuar no encaminhamento de todos os assuntos atinentes aos servidores e policiais militares dos ex-Territórios, facilitando as decisões sobre questões como pagamentos, exercícios anteriores, convênios médicos, aposentadoria, pensão, direitos e vantagens", explicou.

Segundo Ângela Portela, que há anos encaminha os pleitos das entidades sindicais que representam os servidores, a nova estrutura funcionará como um canal de comunicação entre a administração federal e os servidores dos extintos Territórios, devendo analisar e responder seus pleitos.