Júlia Medeiros faz a resistência do Samba da Matriz do Donna Antonia neste domingo

0

Aroldo Pedrosa

O carnaval passou, mas o samba não pode parar. Com o Sambódromo pelo terceiro ano consecutivo sem desfile das escolas de samba é mais uma razão de que precisamos de alternativa para manter viva e acesa a chama da tradição do samba que tem o Amapá. A Universidade de Samba Boêmios do Laguinho com 64 anos de fundação é diagnóstico inconteste de que o samba está na corrente sanguínea dos amapaenses. A Maracatu da Favela com mais de 50 anos de origem também. É o coração pulsante da nossa negritude no repique do tambor.

Por isso o Donna Antonia Gastrobar, inaugurado recentemente e de família tradicional do Amapá, quer se unir à força dessa resistência e fazer do seu espaço também um centro de cultura e arte. Para o bem da verdade, Donna Antonia já vem fazendo.

O projeto Samba da Matriz, lançado no período pré-carnavalesco, vai neste domingo para a sua quinta edição e tem dado muito certo.

Por lá passou gente de muito respeito e talento da nossa canção popular: Zé Maria Cruz, Humberto Moreira, Jorge do Cavaco e as cantoras Dulce Rosa, Maria Eli, Deize Pinheiro, Ingrid Sato e Maria Rojanski – alguns dos bons nomes iniciais. E as tardes de domingo nunca mais foram as mesmas de lá pra cá.

É que o projeto Samba da Matriz se realiza no Donna Antonia sempre aos domingos, a partir das 16h30 e não tem mesmo hora pra acabar. De tão bom já passou da meia noite em suas duas últimas edições. O público é quem comanda a casa, e enquanto há gente para o deleite e a delícia do viver o samba vai tocando em frente.

A cantora e intérprete amapaense Júlia Medeiros é a atração principal do Samba da Matriz deste domingo. Apresenta-se acompanhada da banda de samba e pagode dirigida pelo Júnior Santarém (voz e reco-reco), e que tem ainda no elenco Marcelinho (cavaco e vocal), Aldo (violão), Ceará (pandeiro) e Jader Patrese (tan-tan e vocal) – músicos de boa cepa do samba da terra e da pesada. E a doce e adorável Júlia, que canta “Sufoco” (Chico da Silva) e os demais sambas clássicos gravados pela grande Alcione, como ninguém.

Vai ter uma bela tarde cultural do samba quem for ao Donna Antonia neste domingo.

Serviço

Projeto Samba da Matriz

Atração: Júlia Medeiros e Júnior Santarém Banda

Local: Donna Antonia Gastrobar

Endereço: Av. General Gurjão, 85 – Centro – ao lado do Teatro das Bacabeiras

Data: 18/02/2018 – domingo

Início: 16h30

Leave A Reply

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com