} })(); window._fbq = window._fbq || []; window._fbq.push(['track', '6029630809151', {'value':'0.00','currency':'BRL'}]);

Deputados estaduais Ericláudio Alencar e Maria Góes lideram gastos com publicidade

1

Quando o assunto é gastos com publicidade e marketing, os deputados estaduais Maria Góes (PDT) e Ericláudio Alencar (PRB) não medem esforços para gastar dinheiro, e dinheiro público. De acordo com o Portal da Transparência da Assembleia Legislativa, só no mês de março, os dois gastaram R$ 22,3 mil e R$ 15 mil, respectivamente, com publicidade.

 

Além deles, ainda figuram na lista os deputados Pastor Oliveira (PRB) – R$ 13,2 mil – e Marília Góes (PDT) – R$ 10,7 mil. Os mais modestos com a autopromoção foram os deputados Jaime Peres (PRB) – R$ 8 mil – e Cristina Almeida (PSB) – R$ 690,00. Os demais preferiram, este mês, não gastar a verba indenizatória, a qual eles têm direito, em publicidade.

No twitter, o deputado Ericláudio Alencar (@ericlaudioalenc) chegou a debater o assunto com internautas e, num determinado momento, ameaçou processar quem lhe ofendesse a honra objetiva. “Como também tenho formação jurídica, vou analisar todas as suas afirmações e ver se vou lhe processar”, escreveu em resposta a um comentário do internauta @NelsonPimentel_.

Mais gastos

TABELA VERBANo mês de fevereiro, início do ano legislativo, os deputados Kaká Barbosa (PT do B) e Jory Oeiras (PRB) figuraram como os campeões no consumo de combustível da Assembleia Legislativa. Cada um teve um reembolso de verba indenizatória de R$ 17.200,00 e R$ 16.000,00, respectivamente.

Com esse valor de R$ 17,2 mil, o deputado Kaká Barbosa comprou, se tiver como base quatro reais o litro, somente em fevereiro, 4.300 litros de combustível, suficientes para visitar, se quisesse, todos os municípios do Estado, retornando pelo menos cinco vezes em cada um deles.

Seguindo essa lógica, Kaká Barbosa teve em sua jornada a companhia do novato deputado Jory Oeiras, que declarou ter gastado R$ 16 mil comprando combustível, suficientes para comprar quatro mil litros, que, em tese, dariam para percorrer 40 mil quilômetros. Com tanta quilometragem, tanto um quanto o outro teria conseguiria dar uma volta ao redor da Terra, cujo percurso é de 40.075 km.

Todas as informações estão disponíveis no Portal da Transparência da Assembleia Legislativa do Amapá, podendo ser acessado no endereço http://www.al.ap.gov.br/

Discussion1 Comentário

  1. Esse Ericlaudio é um fanfarrão, assistia o programa dele e via ele berrar contra os bandidos e pregar coisas que ele agora não segue, mal se candidatou ele se juntou ao Waldez, publicou mentiras elogiando um lugar estando em outro do outro lado do Brasil… e agora vai ver se pode processar uma pessoa. Bom que é certeza que esse não se reelege, com alguns meses de mandato já destruiu muito do que pregava.

Leave A Reply